24 Horas? Não chega.

27 de julho de 2012
Hoje a Pipa ligou-me a caminho do trabalho, como já é habitual. Quase não conseguia pensar de tanta coisa que ainda tinha de fazer antes de se deitar. Amanhã vamos de férias e a verdade é que uma mulher sofre no dia anterior. Ou é extremamente organizada e divide as tarefas durante a semana, ou chega á véspera e nem sabe para onde se há de virar.



E se eu ainda não parei um segundo (só mesmo agora para vir aqui), imagino ela, que trabalha das 9h às 18h. Realmente, ser homem é fácil. Conversámos as duas sobre aqueles que nos são mais próximos: pais e namorados. Saem relaxados do trabalho, ainda param em algum sítio para comer, chegam a casa calmamente e sentam-se no sofá. CLARO que se sentam no sofá, CLARO que estão tranquilos... A única tarefa que os espera é fazer a mala!! Sendo que na maioria dos casos é feita por uma mulher (mãe ou namorada), para evitar que se esqueçam de coisas básicas (como por exemplo da escova dos dentes) ou atirem a roupa lá para dentro sem a dobrar. Ou seja, nós mulheres, além de termos a nossa mala para fazer (e que requer muito mais tempo e trabalho que a deles), as unhas para arranjar, o raio da depilação para fazer (que nesta altura tem que ficar absolutamente perfeita), os produtos da farmácia e supermercado para comprar, e todos os outros pormenores que parece que se multiplicam ao longo do dia, ainda temos que fazer a mala DELES! Por cima disto tudo, ainda somos capazes de ouvir um "tem calma, vais de férias...". Haja paciência.

Comentar
Enviar um comentário