3 Dias em Roma

12 de outubro de 2016
Hoje o post é sobre a minha mini viagem de 3 dias a Roma, que foi maravilhosa! Foi a duração ideal e o tempo não podia ter ajudado mais. Aproveito para ir deixando uma série de dicas e conselhos para quem lá for pela primeira vez, que vos vão ajudar a preparar a viagem, a rentabilizar o tempo, a saber quais os locais de maior interesse, e a escolher onde comer e beber bem (muito importante!!). Claro que se trata de um roteiro para um passeio calmo a dois, seja com o namorado ou marido, seja com um amigo ou familiar.


Preparação 

A viagem começou em casa, com um bom planeamento. Primeiro, uma pesquisa na internet dos locais de interesse para não andarmos lá à toa. Fizemos ainda o download do mapa da cidade no Google Maps, para usarmos offline, quando não tivéssemos wi-fi - by the way, a melhor ideia de sempre! Sabíamos sempre como ir dar onde queríamos (saber mais). Depois, a decisão de quais atrações turísticas pagas a visitar - escolhemos o Vaticano e o Coliseu - e a compra dos bilhetes online (aqui). Assim, evitamos filas intermináveis e não perdemos tempo, que em viagens pequenas é precioso! Compramos também os bilhetes de autocarro para ir do aeroporto (Ciampino) até à estação principal de Termini, onde apanharíamos o metro até casa (4€/bilhete, 40mns, aqui). Levámos estes bilhetes todos juntos, juntamente com os cartões de embarque.

Chegada

Ficamos a dormir num loft, marcado através do Airbnb, localizado na zona Ottaviano, mais precisamente na Via Degli Scipioni. Esta zona é perfeita para ficar a dormir porque, para além de estar muito bem situada (a 5mns do Vaticano), é residencial por isso bastante tranquila e perto de vários restaurantes, confeitarias, mini mercados, farmácias, etc etc... Chegamos á noite por isso só saímos para jantar e voltamos para casa. Fomos a um restaurante familiar ali mesmo no quarteirão, que nos foi recomendado pelo nosso host, chamado La Tavernetta. Comida típica caseira, muito boa!

Primeiro dia

Começamos o dia com um pequeno-almoço ótimo na Compagnia del Pane, perto do Vaticano. É uma padaria com uma variedade enorme de pão, e com tudo o que - nós portugueses, pelo menos - gostamos de manhã: croissants, bolos, sumo de laranja natural, queijos, café, etc. Pagamos 5€ por pessoa.

Depois fomos a pé até ao Vaticano porque tínhamos comprado bilhetes para as 10h, para o Museu e Capela Sistina. Tínhamos de estar 15 minutos antes no ponto de encontro - em frente à entrada do Museu. Esperamos apenas 20mns para entrar - sendo que a fila de espera era de duas a três horas (!!!). O bilhete custou 27€ e valeu cada cêntimo! Aquele lugar é realmente lindo de morrer! E termina em beleza com a Capela Sistina. A nossa visita durou 3 horas, com paragem para um capuccino no jardim.






Quando saímos já era hora de almoçar, por isso fomos a pé pela beira do rio até à zona de Trastevere (20mns a pé). Almoçamos numa pizzaria de forno a lenha chamada Augustea e adoramos! Tudo era típico, desde o ambiente, até ao atendimento, passando pelas toalhas aos quadradinhos. Foi o nosso almoço mais caro (ficou por 22€ por pessoa) mas valeu a pena! Sim, porque em Roma não é preciso pagar muito para comer bem. Já me tinham avisado e pude comprovar.

Depois demos um passeio por ali - é uma zona muito típica - e atravessámos para o outro lado do rio para continuar a conhecer a cidade, já que dá para ir a todo o lado a pé. Gostei imenso da Via de Giubonnari que termina no famoso Campo de Fiori, onde está um mercado de rua. O que mais me chamou a atenção foram as bancas de pasta, com uma variedade infindável de massas coloridas (tive de resistir para não trazer massa cor-de-rosa...). Percorremos tudo até ao Castelo de Sant'Angelo, onde não entramos porque a entrada era paga, mas pudemos dar uma volta pelo parque em frente. Entretanto paramos num café/bar chamado Brassai para um copo de vinho.

Fomos até casa descansar um bocado (percorremos 18 kms a pé com esta brincadeira) e depois saímos para jantar. Fomos a uma pizzaria ao lado de casa chamada Almafi 1, que eu tinha visto na net e que é realmente muito boa! Comida tipicamente italiana, feita em forno a lenha. Pagamos 15€ por pessoa sem álcool.










Segundo dia

Começamos o Domingo com um pequeno-almoço numa confeitaria ao lado de casa (mas que existe em vários pontos da cidade) chamada Vice. Pagamos 5€ por pessoa. Depois fomos ao Vaticano ouvir a missa, que foi dada pelo Papa, e que foi sem dúvida o momento mais especial da nossa viagem.



Depois fomos dar um passeio pelo centro. Passamos pela Fontana di Trevi, que é efetivamente linda de morrer mas infelizmente foi o único sítio onde senti que a quantidade abismal de pessoas me impediu de gozar o local convenientemente. Fomos comer um gelado à famosa Piazza Navona. Entramos em várias igrejas, que são sempre enormes e muito bonitas.

Depois almoçamos umas sandes na l'Antica Salumeria, na Piazza de la Rotonda em frente ao Panteão. Tinha visto na net que valia a pena e é realmente um espaço fora do comum e as sandes são muito boas. Perfeito para um almoço rápido, ligeiro e barato. Não entramos no Panteão porque a entrada era paga. Continuamos até à Piazza Venezia, onde está o Altar da Pátria (ma-ra-vi-lho-so!) e ainda ficamos por aquela zona algum tempo, a ver igrejas e museus, e a espreitar o Foro Romano, que seria o programa do 3º dia.









Na volta, parámos para um copo no restaurante/bar TED, perto do Vaticano (e de nossa casa), que está sempre bastante animado e onde presumo que se coma bem. E depois fomos novamente ao Vaticano, à hora da missa de final de tarde, conhecer a igreja principal, onde ainda não tínhamos conseguido entrar. A fila estava pequena, demoramos aproximadamente 15mns a entrar.





Terceiro dia

Tomamos novamente o pequeno-almoço na Compagnia del Pane e começamos o passeio até ao Coliseu, uma vez que tínhamos comprado os bilhetes (incluem visita ao Foro Romano e ao Palatino). Na ida passamos pela grande Piazza del Popolo e seguimos pela Via del Corso, onde estão todas as lojas de roupa e maquilhagem que possam imaginar! Estive numa Zara de 4 andares...

Chegamos à avenida que liga o Altar da Pátria ao Coliseu e fomos levantar os nossos bilhetes ao Ticket Office (quando compram pela net devem imprimir a folha e trocar lá pelos bilhetes). Entretanto não há hora marcada no bilhete, por isso marcam-nos uma hora por ordem de chegada. No nosso caso, chegamos à 11h30 mas só podíamos entrar no Coliseu às 14h30. Mas até foi bom ter todo esse intervalo, porque é possível ir visitando o Foro Romano e o Palatino, que são enormes. Foi o tempo de fazer isso, almoçar ali em frente na esplanada do Ai Fiori e comer um gelatto, para já serem horas de ir para a fila. Convém chegar meia hora antes da hora marcada, para serem os primeiros da fila e não demorarem a entrar. Trata-se de uma fila à parte, onde está uma placa a dizer "Reservations". Às 14h30 entramos diretamente para dentro do Coliseu. É realmente um sítio especial e que transpira história e emoção. Adorei!








Depois apanhamos o metro em frente ao Coliseu e fomos a casa pegar nas malas para ir para o Aeroporto. Demoramos 15mns no metro, de casa até à estação de Termini, onde comprámos os bilhetes para o autocarro que nos levaria até ao aeroporto (6€ cada). Apanhamos o autocarro e demoramos quase 1 hora a chegar a Ciampino porque era hora de ponta. Contem com pelo menos 1h30 para chegarem ao aeroporto. Já agora, dentro do aeroporto só há 2 cafés para comer, por isso o ideal é comerem qualquer coisa antes.

Algumas conclusões desta viagem:
- Roma é efetivamente tudo o que dizem, e mais!
- 3 dias são suficientes para conhecer a cidade
- O início de Outubro é uma boa altura para ir
- Come-se muuuito bem!
- Planear a viagem faz-nos rentabilizar o tempo e aproveitar melhor
- Os italianos gesticulam muito e falam muito alto, mas são simpáticos
- Há muita segurança nas ruas, mas os italianos são loucos a guiar (cuidado nas passadeiras)
- Os italianos são muito fortes em esplanadas
- A missa de Domingo de manhã é qualquer coisa de especial
- Quero voltar!

Espero que este post vos ajude! Deixem os vossos comentários e sugestões abaixo!

4 comentários on "3 Dias em Roma"
  1. Conheci o teu blog esta semana e fiquei fã! Parabéns pelo bom trabalho :) Tenho imenso curiosidade em visitar a cidade de Roma, Itália no geral, deve ser incrível! Beijinho querida :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ana!
      Que bom, obrigada pelo comentário! :)
      Espero que continues a passar por aqui!
      Um beijinho

      Eliminar
  2. Olá Marta, já algum tempo que sigo o blog e tenho adorado, sugestões e dicas muito boas, mesmo.
    Esta última, da visita a Roma veio mesmo a calhar, vou lá em Dezembro e estas sugestões abriram sem dúvida o apetite.

    Obrigada pelas dicas.

    Beijinhos e votos de muito sucesso ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá!
      Que bom, então veio mesmo a calhar! Fico contente! :)
      Um beijinho e muito obrigada pelo comentário!
      Marta

      Eliminar