Portuguese Jewelry Guide

2 de outubro de 2016
Na semana passada fiz um passeio pelo mundo da Joalharia portuguesa, a convite da Associação de Ourivesaria e Relojoaria de Portugal (AORP) e fiquei rendida com o que se faz no nosso país. De manhã visitamos a fábrica da Topázio e depois fomos conhecer o pequeno mas charmoso atelier da Mimata, o que nos permitiu conhecer duas realidades muito diferentes mas igualmente interessantes. Almoçamos muito bem no Flow e depois fomos para a exposição Porto Jóia, na Exponor. Foi um dia diferente e muito giro!


Para quê investir em marcas de joalharia internacionais quando temos tão bons joalheiros no nosso país? 

Esta questão foi-nos colocada e fiquei a pensar no assunto. Realmente é uma tendência que não faz sentido. Para além das marcas mais antigas como a Topázio, Eugénio Campos e Machado Joalheiro, houve uma injeção de sangue novo nesta indústria, que nos dá hoje uma enorme variedade de jóias para todos os gostos, onde o tradicional e o clássico foram deixados um pouco de lado para deixar reinar a originalidade. 

E foi por isso mesmo, e para abrir caminho à internacionalização do setor, que a AORP iniciou a Campanha Internacional de Promoção da Joalharia Portuguesa, protagonizada pela atriz e modelo Milla Jovovich. Foram convidados 16 novos designers a expôr as suas criações na zona "Newborn", e foi a área que mais gostei de visita na exposição. Nomes que merecem ser elogiados e seguidos, como Sofia Tregeira, Ana João, Cecília Ribeiro, Ana Pina, Minha Jóia, Liliana Alves, Inês AraújoSoproIgleziaMel Jewel.

Ana Freitas, Presidente da AORP, explica que “este é o momento de ouro da joalharia portuguesa. Sendo um dos setores de maior tradição em Portugal, a joalharia portuguesa atravessa agora uma fase de renovação, crescimento e afirmação no contexto internacional. Esta campanha pretende incentivar e apoiar a internacionalização das empresas e o posicionamento de Portugal como país produtor de excelência”.

Ficam aqui algumas fotografias das duas realidades opostas: por um lado a enorme fábrica da Topázio, que conta também com um showroom e uma loja; e por outro o pequenino atelier da Mimata por Joana Mieiro. Duas realidades muito diferentes mas cujo resultado é igualmente especial e de qualidade. Mostro-vos também o nosso almoço, que começou com um presente e por uma entrada com ouro (!!). E algumas fotografias da exposição (tiveram de ser tiradas com o telemóvel porque a minha máquina decidiu avariar a meio dia dia...).

























Quero dar mais uma vez os parabéns à AORP pela iniciativa e pelo convite. Fiquei fã! Missão cumprida.

Acompanhem os eventos através das redes sociais:
snapchat: m_cyrnecarvalho
instagram: martacyrnecarvalho
facebook: sabonetecorderosa
1 comentário on "Portuguese Jewelry Guide"