O Meu 2016

30 de dezembro de 2016
Esta é uma altura de reflexão sobre o ano que passou. Os altos, os baixos, os obstáculos e as vitórias, porque a nossa vida merece essa atenção. 2016 trouxe-me de tudo um pouco, coisas boas e menos boas, mas sem dúvida que os momentos felizes foram os protagonistas, e quando penso globalmente no ano que passou, sei a sorte que tenho. E é importante levar algumas lições para o ano que aí vem, para que seja melhor. E pensando em 2017, tenho a sensação que vêm por aí muitas coisas boas, para mim e para os que me são queridos.


2016 encheu o meu coração com bons momentos. A começar pelo meu casamento. Afinal, casei-me com o homem da minha vida, rodeada daqueles que são mais importantes para mim, e com uma cerimónia e festa dignos de uma princesa. Mas quando digo casamento, estou a referir-me não só ao próprio dia como ao antes e depois. Os preparativos também foram uma fase muito gira e que relembro com saudade; as despedidas de solteira com as minhas amigas; o dia seguinte, em que a festa continuou no Porto a festejar a vitória de Portugal no campeonato. Sem esquecer, claro, a lua de mel nas Maurícias, que foi um sonho.

Depois, o meu grupo de amigos e família, que não param de aumentar com uma segunda geração. Bebés que enchem os nossos dias, que nos põem um sorriso nos lábios mesmo nos dias mais difíceis. A felicidade que é quando olham para nós pela primeira vez, quando nos reconhecem, quando dizem o nosso nome. Os momentos em grupo são ainda mais especiais e, sem dúvida, animados. Descobri sentimentos que nunca tinha tido, e agradeço a 2016 por isso. Sou uma tia babada!

O primeiro Natal casada também foi muito especial. E embora seja difícil dividirmo-nos entre as famílias, porque os meus país são separados e a divisão do tempo não é fácil, acho que correu muito bem e foram dois dias muito felizes, e com boas notícias para 2017. Não há nada melhor do que sentir que, depois de um ano que foi difícil para muitos, terminamos com bons planos, muita esperança e ambição.

Profissionalmente, a minha vida deu uma grande volta, mas parece estar a ir no bom caminho. Ainda estou a tentar perceber, mas as previsões são positivas. O blog cresceu consideravelmente ao longo de 2016, e tenho a certeza que continuará a crescer em 2017, pelo menos no que depender do meu empenho, tempo e dedicação. Traz-me tantas coisas boas, tantas pessoas novas, tantas experiências diferentes, que pretendo continuar a dar tudo de mim. Espero poder continuar a contar convosco desse lado!

Bom ano!



1 comentário on "O Meu 2016"